Voltar

Notícias e Eventos

Últimas entradas sobre a nossa atividade

24 janeiro 2018

O que é o “pulso aberto”?

O “pulso aberto” é uma queixa frequente em Consulta de Punho e Mão. Não podemos classificar esta queixa como uma doença, mas sim como um sintoma. 

A articulação do punho é uma articulação muito complexa, composta por 10 ossos e numerosos ligamentos e tendões. Esta estrutura complexa tem de funcionar em conjunto e em uníssono, tal como uma orquestra, para que consigamos realizar as atividades diárias. A delicadeza e força destas atividades varia enormemente, desde atividades delicadas como escrever, desenhar ou tocar um instrumento, até atividades de força como manejar uma pá ou carregar pesos. Por tudo isso, a estrutura complexa do punho tem de estar íntegra e funcionante. Ocasionalmente, após um traumatismo ou esforço, pode haver uma lesão de um ligamento ou de um osso, fazendo com que a orquestra não funcione adequadamente. Essa lesão traduz-se em queixas como dor no punho ou dor na mão, instabilidade ou falta de força, seja em repouso, seja na realização de determinadas funções. E esse conjunto de sintomas é muitas vezes descrito como “pulso aberto”.

No passado, estes sintomas eram ignorados ou minimizados, quer pelos médicos, quer pelos doentes. Atualmente, com o aumento do conhecimento e dos recursos, não existe motivo para que não se reestabeleça uma atividade manual confortável e indolor quando surge alguma alteração.

A gravidade destas lesões pode variar entre lesões benignas que apenas necessitam de repouso e medicação analgésica, até lesões mais severas com necessidade de terapêutica mais agressiva, como a cirurgia, que visa evitar complicações futuras, nomeadamente a artrose.

É importante a realização de um exame físico cuidado e, muito frequentemente, a realização de uma radiografia para avaliar a integridade na estrutura dos ossos do punho e relação entre eles. Ocasionalmente poderá ser necessária uma avaliação mais detalhada recorrendo a estudos por ressonância magnética, artro-ressonância ou artroscopia do punho.

O tratamento deste tipo de lesões deve ser realizado por alguém que esteja familiarizado com a anatomia complexa desta região, e à necessidade de conjugar a harmonia da relação entre todos os elementos. As técnicas de reconstrução ligamentar do punho têm sofrido uma séria evolução nos últimos anos, havendo um crescente número de procedimentos que poderão ser feitos com recurso a artroscopia do punho, minimizando as cicatrizes externas, e preservando estruturas importantes. Este tipo de cirurgia menos invasiva acelera o tempo de recuperação e diminui a possibilidade de sequelas graves.

Em suma: os sintomas de instabilidade, desconforto e dor no punho ou dor na mão, devem ser valorizados e estudados de forma a aplicar uma terapêutica adequada, melhorando a qualidade de vida e prevenindo sequelas a médio e longo prazo.

Visite o serviço de Ortopedia do Trofa Saúde Hospital, aconselhe-se com a equipa diferenciada na mão, punho e cotovelo, e seja tratado com recurso às técnicas de última geração.

Quer saber mais sobre esta patologia? Clique aqui e veja o vídeo que preparámos para si.

Redigido por Dr. Luís Filipe Rodrigues (OM44782), Ortopedista especializado em Mão, Punho e Cotovelo, no Trofa Saúde Hospital em Braga Centro e Trofa.

 O que é o “pulso aberto”?

Saiba mais sobre a Ortopedia do Trofa Saúde Hospital aqui.

Voltar

26 março 2020

Maternidade no Trofa Saúde Hospital na Trofa

05 março 2020

Cancro do pulmão: abordagem multidisciplinar

01 março 2020

Pólipos da Vesícula