Voltar

Notícias e Eventos

Últimas entradas sobre a nossa atividade

04 janeiro 2020

Importância da Nutrição nas patologias de tiróide

A tiróide é uma glândula endócrina que tem como principal função sintetizar e armazenar as hormonas tiroideias. Estas hormonas exercem uma importante ação reguladora no metabolismo celular.

As disfunções da glândula tiroideia podem ser condicionadas por múltiplos fatores genéticos e ambientais (não modificáveis), mas a evidência científica reforça que uma alimentação adequada tem um papel muito importante na prevenção de distúrbios metabólicos, endócrinos e neoplásicos (modificáveis).

As carências nutricionais são os principais fatores de risco para a disfunção tiroideia e comprometimento da síntese das hormonas tiroideias, por isso, uma alimentação variada e equilibrada é crucial para o atingimento de níveis adequados de diversos micronutrientes indispensáveis ao correto funcionamento da tiroide.

O aporte adequado de iodo, por exemplo, é fundamental para a síntese das hormonas da tiróide. Tal como múltiplos micronutrientes tais como o cobre, o ferro, a vitamina A e a vitamina D, o selénio e o zinco.

Não só em caráter preventivo, a alimentação é de extrema importância para o controlo destas patologias. Ela deve ser cuidada e adaptada às necessidades individuais, promovendo um bom estado nutricional e evitando carências nutricionais que podem condicionar a saúde e o bem-estar.

Como tal, deve existir um acompanhamento multidisciplinar no controlo das patologias da tiroide e o acompanhamento nutricional tem um forte peso no mesmo, pois é a área clínica destinada ao estudo e utilização da alimentação no tratamento de diversas patologias.

Um fator importante a ressalvar é que muitos doentes que apresentam patologias da tiróide possuem alterações de peso corporal e aí a Nutrição é a área de eleição no controlo do mesmo, atendendo a toda a situação clínica do doente.

Nas consultas de Nutrição é realizado todo o estudo clínico, antropométrico e alimentar do doente, para que de forma individualizada e pormenorizada seja prestado o melhor acompanhamento nutricional.

No caso das patologias da tiroide é crucial analisar o histórico clínico do doente (análises, medicação, etc.) para ajuste específico do tratamento nutricional, pois é necessário avaliar o consumo de vitaminas e minerais e as suas potenciais interferências alimentares e medicamentosas.

Redigido por Dr.ª Rita Azevedo (3376N), Nutricionista no Trofa Saúde Hospital na Trofa, Braga Centro, Braga Norte, Famalicão, Guimarães e Maia

Voltar

05 fevereiro 2020

Esporões do Calcâneo e Tendinite do Aquiles

04 fevereiro 2020

Cirurgia pediátrica: o que trata?

24 janeiro 2020

Mamoplastias em cirurgia plástica — aumento, redução e re...