Retinopatia Diabética

Marcação

Marcar Consulta Exame V2

A retinopatia diabética é uma das complicações da diabetes e uma das principais causas de cegueira nos adultos. A retinopatia diabética surge, geralmente, ao fim de alguns anos, manifestando-se mais cedo no caso da diabetes tipo 1 do que na diabetes tipo 2.

Na fase inicial, a retinopatia diabética é assintomática (sem sintomas). Por este motivo, o doente com diabetes não deve esperar pelo aparecimento de sintomas visuais, devendo realizar exames pelo menos uma vez por ano.

A visão turva é um dos sintomas de retinopatia diabética e ocorre, habitualmente, na fase proliferativa da doença.
A retinopatia diabética é detetada durante o exame oftalmológico. O teste de acuidade visual serve para averiguar a visão do cliente.

A retinopatia diabética não tem cura. Contudo, se for tratada de forma adequada é possível reduzir a perda de visão. 
Um dos tratamentos disponíveis na retinopatia diabética é o laser árgon. Este tratamento provoca a destruição dos vasos sanguíneos anormais, assim como das áreas da retina isquémicas.

As maiores ou menores complicações ocorridas nos olhos provocadas pela diabetes estão diretamente relacionadas com o estadío da doença. Para prevenir o aparecimento e a progressão da retinopatia diabética, os doentes com diabetes devem controlar com regularidade os níveis de açúcar, a pressão arterial e o colesterol no sangue.

 

Artigos relacionados:

 

 

Marcar Consulta Exame V2

Mais sobre Oftalmologia aqui.

Joana Neves Martins, Dr.ª Ver CV Diferenciação Marcação
Luís Espinha, Dr. Ver CV Diferenciação Marcação
Paula Bompastor Ramos, Dr.ª Ver CV Diferenciação Marcação
Pedro Brito, Dr. Ver CV Diferenciação Marcação
Pedro Salsas Rodrigues, Dr. Ver CV Diferenciação Marcação
Rui Avelino Resende, Dr. Ver CV Diferenciação Marcação

Acordos

Imprimir

Telefone Geral

252 090 600

26 março 2020

Maternidade no Trofa Saúde Hospital na Trofa

05 março 2020

Cancro do pulmão: abordagem multidisciplinar

01 março 2020

Pólipos da Vesícula